Press Releases

Chamadas internacionais pela Telecel mais económicas do que na rede fixa

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 1998

A Telecel anuncia desde já que as suas tarifas internacionais vão ser significativamente reduzidas a partir do próximo dia 23 de Janeiro, possibilitando aos Clientes a realização de chamadas internacionais a preços médios por minuto genericamente mais vantajosos do que os actualmente praticados na rede fixa.

Estas reduções tornam-se possíveis no quadro do processo de liberalização total das telecomunicações em Portugal, que iniciará uma nova etapa em Janeiro de 1999. A partir desse momento, o escoamento do tráfego internacional, que se encontrava em regime de monopólio no universo Portugal Telecom, poderá beneficiar da livre concorrência e os operadores móveis nacionais terão a possibilidade de estabelecer acordos de interligação com outros operadores, para encaminhar o seu tráfego internacional até ao destino.

Nessa perspectiva, a Telecel tem vindo a manter negociações com diversos operadores nacionais e internacionais, para além da própria Portugal Telecom, com o objectivo de obter condições mais vantajosas para os seus Clientes nesse tipo de tráfego.

As novas tarifas internacionais vão dar aos Clientes da maioria dos planos tarifários a possibilidade de efectuarem, a partir dos seus telefones móveis, chamadas para os outros países da União Europeia, Suiça, Estados Unidos da América e Canadá, ao mesmo preço por minuto que os das comunicações nacionais em horário profissional, destinadas a subscritores de outras redes, móveis ou fixa. Os outros destinos beneficiarão também de importantes reduções, tornando-se, de modo genérico, mais económico ligar para o estrangeiro a partir da rede Telecel do que a partir da rede fixa. Para alguns destinos, a redução será próxima dos 70%.

Com esta nova e significativa redução de tarifas, continuando a aliar a qualidade do seu Serviço a uma oferta competitiva, a Telecel possibilita aos seus Clientes alargar o âmbito de utilização do telefone celular a um tipo de tráfego até agora minoritário nas comunicações móveis.

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais