Press Releases

Projecto monIT

Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2006
Câmara Municipal de Torres Vedras, Optimus, TMN, Vodafone e IT cooperam na medição de emissões electromagnéticas

Lisboa, 3 de Fevereiro de 2006 – Foi hoje assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, pelo Instituto de Telecomunicações (IT) e pelos três operadores portugueses de telecomunicações móveis (Optimus, TMN e Vodafone), um protocolo de instalação de uma rede de monitorização remota de campos electromagnéticos naquele concelho.

Recorde-se que o Projecto monIT, desenvolvido pelo Instituto de Telecomunicações, com o apoio da Optimus, da TMN e da Vodafone, visa disponibilizar ao público toda a informação relevante sobre os níveis de exposição a campos electromagnéticos, designadamente os que são gerados pelas antenas de comunicações.

Para além dos resultados da monitorização sistemática em diversos locais públicos no País, e de informação técnica específica, o Projecto monIT disponibiliza, através do seu website www.lx.it.pt/monit, informação rigorosa e diversificada sobre a exposição às emissões electromagnéticas proveniente dos sistemas de comunicações móveis, usando uma linguagem acessível ao público em geral.

Consciente das preocupações quanto a eventuais efeitos dessas emissões e da necessidade de fornecer uma informação rigorosa, e tão vasta quanto possível, aos seus munícipes, a Câmara Municipal de Torres Vedras colabora na instalação das infra-estruturas necessárias à concretização desta iniciativa pioneira em Portugal.

Durante a cerimónia de assinatura do protocolo, que decorreu na Câmara Municipal de Torres Vedras e na qual estiveram presentes diversas entidades locais e outros convidados, o Professor Luís Correia, professor do Instituto Superior Técnico, investigador do Instituto de Telecomunicações e líder do Projecto monIT, fez uma breve apresentação do sistema e dos resultados já obtidos.

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais