Press Releases

GEOTA e Fundação Vodafone apelam à criação de um Corredor Verde para a Área Metropolitana de Lisboa

Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007

Lisboa, 27 de Agosto de 2007 – O GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente) e a Fundação Vodafone Portugal promovem, no próximo dia 15 de Setembro, a iniciativa Belém – Trancão, um Corredor Verde para Lisboa, um passeio de bicicleta com início às 9h30 junto à Torre de Belém e chegada perto da foz do Rio Trancão, no Parque das Nações, com o objectivo de apelar à criação de um Corredor Verde para a Área Metropolitana de Lisboa.

O conceito de Corredor Verde, aplicado com sucesso em algumas capitais europeias, consiste na criação de um trajecto que, além de possibilitar a prática desportiva e de lazer através da ligação entre espaços verdes e vários elementos histórico-culturais, constitui também uma alternativa ecológica e actualmente inexistente para a deslocação diária de muitos Lisboetas no seu trajecto casa-trabalho, em especial como complemento aos transportes colectivos.

Esta colaboração entre o GEOTA e a Fundação Vodafone Portugal, inserida na Semana Europeia da Mobilidade e antecedendo o Dia Sem Carros, visa promover um maior desenvolvimento de uma consciência ambiental, individual e colectiva e sensibilizar a sociedade em geral para as vantagens da criação de um Corredor Verde na zona ribeirinha da Área Metropolitana de Lisboa.

As inscrições, com o preço simbólico de 3 euros até 2 de Setembro e de 5 euros após essa data, estão abertas até 7 de Setembro em www.belemtrancao.org, onde se encontra também disponível toda a informação relativa a esta iniciativa.

Aos participantes será oferecida uma t-shirt e um bilhete com o qual poderão utilizar gratuitamente o Metropolitano de Lisboa, os comboios da Fertagus e os barcos da Transtejo e Soflusa para transportarem as suas bicicletas ao chegar ou ao regressar do passeio.

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais