Press Releases

Direcção-Geral da Educação e Fundação Vodafone Portugal disponibilizam audiolivros a alunos com necessidades educativas especiais

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2012
A Direcção-Geral da Educação e a Fundação Vodafone Portugal lançam hoje um programa que disponibiliza manuais escolares e livros digitais nas escolas para alunos do 5º ao 12º ano de escolaridade com necessidades educativas especiais.

A Direcção-Geral da Educação e a Fundação Vodafone Portugal lançam hoje um programa que disponibiliza manuais escolares e livros digitais nas escolas para alunos do 5º ao 12º ano de escolaridade com necessidades educativas especiais.

O projecto, designado por DAISY 2012, inclui a oferta a alunos e professores do software de última geração ‘EaseReader’ para leitura de audiolivros digitais em formato DAISY e noutros formatos, incluindo ePub não protegido.

Desde 2005 que a Direcção-Geral da Educação e a Fundação Vodafone Portugal distribuem audiolivros digitais destinados a alunos cegos ou com baixa visão, permitindo que estes consigam aceder a manuais escolares ou outros livros de leitura recomendada que diariamente são utilizados por milhares de estudantes portugueses. O Ministério da Educação e Ciência identifica e supervisiona a adaptação dos manuais a produzir; a Porto Editora fornece os conteúdos digitais e a Fundação Vodafone Portugal financia o trabalho de produção. Dos audiolivros produzidos destacam-se manuais escolares das disciplinas de História, Ciências Naturais, Tecnologias da Informação, e obras como ‘Os Lusíadas’, ‘Os Maias’ e ‘Viagens na Minha Terra’.

Com este novo programa, o acesso estende-se aos alunos com dislexia que passam a dispor de uma ferramenta que lhes dá acesso a qualquer audiolivro digital no formato DAISY. Este software possui ainda a mais-valia de permitir aos docentes a criação de conteúdos áudio.

O que é o DAISY
DAISY é o acrónimo de ‘Digital Accessible Information System’, um formato aberto que se tornou na norma para audiolivros digitais acessíveis. O DAISY expande o conceito de audiolivro tradicional, uma vez que inclui o som (com locução humana) e o texto escrito, devidamente sincronizados. Com o software ‘EasyReader’, o leitor ouve e lê simultaneamente, o que duplica os canais de entrada de informação no cérebro, facilitando a compreensão da mensagem. Estes livros permitem a criação de índices que facilitam o acesso aos capítulos e às secções, permitindo ainda a pesquisa de texto, a colocação de marcadores e, a partir de agora, a criação de conteúdos áudio pelos professores para disponibilização aos alunos. As opções de acessibilidade incluem a alteração da velocidade de leitura, a escolha do tipo, tamanho e cores do texto, bem como a utilização de atalhos de teclado.

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais