Press Releases

Lisbon BIG Apps premeia melhores apps sobre Lisboa com 60.000€

Terça-feira, 25 de Junho de 2013
Já foram anunciados os vencedores do Lisbon BIG Apps – o concurso dirigido à comunidade portuguesa de developers e start-ups, lançado pela Vodafone Portugal em Março deste ano, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa (CML), para encontrar as melhores aplicações de smartphones para a cidade de Lisboa, tornando-as negócios viáveis.

wiRide – a primeira app portuguesa de carpooling, Xtourmaker – desenhada para os profissionais de turismo, e TaxiMotions – dedicada à modernização do sector dos táxis,foram distinguidas, na Sede da Vodafone Portugal no Parque das Nações, pelo júri nacional e internacional que incluiu várias entidades de renome. A Parallel Planet – app que introduz o entretenimento como factor-chave na forma como se visita Lisboa, recebeu o prémio do público, tendo sido a mais votada no website do concurso (http://lisbonbigapps.com).

Mais do que uma competição de ideias, o Lisbon BIG Apps é um programa de desenvolvimento e aceleração de projectos com vista a criar negócios viáveis. Além dos prémios monetários de 20.000€ para cada um dos três projectos vencedores, as equipas terão à sua disposição um programa de incubação de seis meses nos Tec Labs – Centros de Inovação do ISCTE e da FCUL, várias acções de formação e acompanhamento por especialistas em diversas áreas comerciais e técnicas, acesso gratuito a serviços de alojamento de dados em cloud, um plano de marketing para divulgação das apps no mercado, através de canais de comunicação da Vodafone Portugal e apoio da CML à formalização legal do projecto.

As 15 equipas que chegaram à final, seleccionadas entre mais de 200 candidatas, passaram por várias sessões prévias de trabalho, com mentoring para desenvolver os seus projectos, trabalhando factores como o valor da ideia para a cidade de Lisboa, a utilização do vasto conjunto de dados (cerca de 130 datasets) disponibilizado pela CML com informação variada sobre entidades, monumentos e outras infra-estruturas da cidade de Lisboa e o modelo de negócio que sustentará o projecto.

Com este incentivo ao empreendedorismo, a Vodafone Portugal continua a criar oportunidades, através do selo ’Vodafone App Factory’, para que os programadores e as start-ups portuguesas se dêem a conhecer e se afirmem quer a nível nacional quer internacional, contribuindo para o crescimento e internacionalização das áreas tecnológicas da economia portuguesa.

Anexo: Descrição detalhada dos 4 projectos vencedores

•••

Vencedores

O wiRide nasceu no concurso tecnológico Changeathon, em Braga, e acabou por vencer com um posicionamento muito focado em estudantes: queria ser a primeira aplicação móvel da Península Ibérica a dinamizar boleias entre estudantes dentro do mesmo distrito, dando mais opções de transporte a uma faixa etária afectada por pouca variedade e custos elevados. Agora, ao vencer o Lisbon BIG Apps, esta equipa com vontade de mudar o mundo nesta área, voltou atrás e equacionou o seu modelo de negócio para servir mais e melhor as necessidades de mobilidade não só de estudantes, mas das comunidades. Segundo Gil Gomes estão muito focados em resolver um desafio que não se esgota em Lisboa mas sim em encontrar uma inovação que lhes dê um eixo de diferenciação claro e lhes abra as portas do mercado internacional, que é um dos objectivos do programa. Mais informação em http://wiride.lisbonbigapps.com/

A Xtourmaker foi a única app finalista que não tem como destinatário o visitante, nem o habitante ou o cidadão, mas sim os profissionais de turismo. Trata-se de uma aplicação ou serviço que permite que empresas possam criar o seu próprio percurso ou tour interactivo. Segundo João Paiva Mendes da Xtourmaker, empresas de tours, de animação turística, hotéis, operadores de turismo, agências de viagens, empresas de team building e até mesmo famílias ou grupos de pessoas, poderão de forma fácil e intuitiva conceber e desenhar percursos, adicionando, através de um back office, fotos, vídeos, conteúdos, realidade aumentada, desafios, diferentes línguas, etc… proporcionando uma interacção com os seus clientes, através da app, de uma forma simples e inovadora. A Xtourmaker quer ser o catalisador de que os operadores da indústria do turismo precisam para dar mais valor às experiências que proporcionam aos seus clientes. Mais informação em www.xtourmaker.lisbonbigapps.com.

A equipa do Taximotions é composta por especialistas de várias áreas, desde um taxista a engenheiros de transportes, passando por programadores e designers, e tem uma visão e uma ambição que não são pouca coisa: querem resolver alguns dos problemas da indústria dos táxis. Se à primeira vista a sua aplicação seria mais uma para chamar táxis e tinha pouca inovação, numa segunda análise percebemos que o que se pretende é algo bem mais inovador. Para Bernardo Alves e Fernando Cardita, a indústria dos táxis é um sector que tem sofrido alguma estagnação e que carece de uma modernização não só do lado do consumidor/utilizador mas sobretudo do lado dos taxistas e empresas de táxis. A plataforma Taximotions, através de um sistema de backoffice, quer ajudar os taxistas a gerir melhor os seus recursos e a identificar as oportunidades, nomeadamente a procura. Para o efeito, oferece-lhes a possibilidade de, através de uma app, entregar mais valor acrescentado ao seu consumidor, nomeadamente através de um sistema simplificado de chamada de táxi, permitindo até indicar necessidades especiais para o transporte e facilitar o pagamento da viagem. Mais informação em www.taximotions.lisbonbigapps.com

Prémio do Público

A equipa da Parallel Planet é composta por João Ribeiro, Manuel Mendes e Ricardo Machado que, em conjunto com uma equipa de guionistas e outros parceiros, criaram uma aplicação que traz uma nova forma de storytelling. A Parallel Planet permite que os leitores ou utilizadores mergulhem na estória, guiados por um conjunto de pistas interactivas baseadas na localização e realidade aumentada. Permite descobrir e redescobrir a cidade. O utilizador terá um papel específico na narrativa e deverá seguir as pistas e os passos que lhe são indicados, fazendo tudo para ganhar mais pontos e subir nos rankings e explorando ainda o lado social deste processo.

Prémio: Apoio da CML à formalização legal do projecto, apoio tecnológico da Microsoft, apoio tecnológico e go-to-market da Vodafone.

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais