Press Releases

Fundação Vodafone demonstra “Instant Classroom” a escola digital portátil no Mobile World Congress

Quinta-feira, 5 de Março de 2015
- Uma escola digital portátil que utiliza a tecnologia móvel, através de tablets, e que leva o ensino aos campos de refugiados. - Projeto “Instant Classroom” da Fundação Vodafone demora 20 minutos a instalar e pode ser utilizada em salas de aula sem eletricidade. - Este projeto será implementado em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) em 12 escolas no Quénia, Tanzânia e República Democrática do Congo nos próximos 12 meses.

A Fundação Vodafone está presente no Mobile World Congress 2015 com a demonstração do projeto ‘Instant Classroom’, uma escola digital portátil que pode ser implementada em apenas alguns minutos e que permitirá ajudar crianças e jovens adultos que vivem em campos de refugiados de grandes dimensões e com escassos recursos, a completar a sua educação.

 

A sala de aula instantânea da Fundação Vodafone acontece em parceria com as unidades de Inovação e Educação do ACNUR e foi concebida para poder funcionar em regiões cuja eletricidade é escassa ou inexistente, assim como a conectividade. A ‘Instant Classroom’ está disponível numa caixa segura e robusta de 52 kg, equipada com um computador portátil, 25 tablets com software educativo pré-instalado, um projetor, um altifalante e um modem hotspot com ligação 3G.

 

Todos os equipamentos que compõem a sala de aula da Fundação Vodafone podem ser carregados em simultâneo, numa única fonte de alimentação, com a mala trancada. Após seis a oito horas de carregamento, a ‘Instant Classroom’ está disponível para ser utilizada durante todo o dia, sem ligação à eletricidade.

 

A ‘Instant Classroom’ da Fundação Vodafone será implementada ao longo do ano em 12 escolas nos campos de refugiados de Kakuma, no Quénia, Nyarungusu, na Tanzânia e na Região Equatorial da República Democrática do Congo. Irá abranger mais de 15 mil crianças e jovens adultos e dotá-los de material de ensino avançado que, atualmente, apenas está disponível numa minoria de escolas em países desenvolvidos.

 

Este projeto nasceu da experiência da Fundação Vodafone no desenvolvimento de programas de aprendizagem com base em tablets. Em 2014, foi iniciado um trabalho com as unidades de Educação e Inovação do ACNUR para o desenvolvimento do programa Rede Escolar Instantânea, que consistia no ensino a 18 mil alunos no campo de refugiados de Dadaab, no norte do Quénia, utilizando a tecnologia móvel. Os professores das escolas de Dadaab afirmaram que as aulas com tablets são tão populares que a frequência das aulas aumentou, em média, 15%.

 

Nos próximos dois anos, o programa Rede Escolar Instantânea será alargado para dar apoio a outros campos de refugiados no Quénia, Tanzânia e República Democrática do Congo com o objetivo de abranger mais de 40 mil crianças e jovens.

 

O Diretor da Fundação Vodafone, Andrew Dunnett, afirmou que “no final de 2013, segundo os cálculos do ACNUR, havia 50 milhões de refugiados e deslocados em todo o mundo, metade dos quais com menos de 18 anos. Os refugiados passam, em média, 17 anos afastados de casa, e muitos deles têm pouco ou nenhum acesso à educação. A ‘Instant Classroom’ da Fundação Vodafone é robusta, simples e poderosa. Coloca a melhor tecnologia educativa nas mãos de crianças e jovens que vivem no mais duro dos ambientes.”

 

O líder da área de Inovação do ACNUR, Olivier Delarue, referiu que “face a um conjunto cada vez mais complexo de crises humanitárias, o ACNUR tem a missão de encontrar formas novas e criativas de satisfazer as necessidades de desenvolvimento e educação dos jovens refugiados em todo o mundo. Abraçámos a oportunidade de trabalhar com a Fundação Vodafone para encontrar inovações que funcionem no contexto em que os refugiados se inserem. A inovação, para nós, não é o desenvolvimento de produtos educativos; é a utilização de tecnologias que parceiros como a Fundação Vodafone têm para oferecer como uma nova forma de identificar e testar soluções para aumentar as oportunidades educativas.

 

Nota aos editores

Fotos do projeto ‘Instant Classroom’ da Fundação Vodafone podem ser descarregadas em  https://www.flickr.com/x/t/0093009/gp/vodafonegroup/dpgww9/

Vídeo demonstrativo do projeto ‘Instant Classroom’ da Fundação Vodafone está disponível e:  http://youtu.be/DVnoXyBsJI8

 

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais