Press Releases

Programa Praia Saudável já salvou mais de 700 vidas

Quarta-feira, 27 de Maio de 2015
Apoio da Fundação Vodafone Portugal totaliza 12,5 milhões de euros

O Programa Praia Saudável, que completa este mês uma década de existência, já permitiu salvar 713 vidas e assistir 1.062 banhistas em dificuldades. Em 10 anos, foram igualmente realizadas mais de 300 campanhas de sensibilização no âmbito do Programa que envolveu 280 mil crianças em todo o país.

Lançado em Maio de 2005, na Praia do Tamariz – Estoril, e abrangendo atualmente mais de 170 zonas balneares de Portugal Continental e das Regiões Autónomas, o Programa Praia Saudável tem vindo a ser promovido pela Fundação Vodafone Portugal em parceria com a Autoridade Marítima Nacional, APA – Agência Portuguesa do Ambiente, I.P., INR- Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P. e ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa.

O Programa tem como objetivos prioritários contribuir para o aumento da segurança e qualidade ambiental nas praias, bem como das acessibilidades para pessoas com mobilidade condicionada, através da doação de meios pela Fundação Vodafone Portugal. Entre 2005 e 2014, o montante global de recursos financeiros disponibilizados pela Fundação Vodafone Portugal para este Programa totaliza 12,5 milhões de euros.

No campo da segurança foram disponibilizados importantes equipamentos, tais como 14 motos de salvamento marítimo, 14 macas flutuantes ou 70 torres de vigia, entre outros. Foi, também, criada uma rede de comunicações móveis simplificada e acessível ao público, através da qual os nadadores-salvadores podem ser alertados para potenciais situações de emergência, tendo sido efetuadas através desta rede mais de 320.000 chamadas, fornecidos telefones móveis aos nadadores-salvadores e atribuído um número telefónico a 250 postos de praia abrangidos pelo programa. A implementação de uma VPN (Virtual Private Network) veio facilitar a comunicação entre os postos de praia, Capitanias de Porto, Instituto de Socorros a Náufragos, Bombeiros Municipais e Locais, números de emergência nacionais e outros, identificados como relevantes no suporte a situações de emergência, estando integrados nesta rede mais de 500 contactos telefónicos.

No capítulo das melhorias ambientais, foram atribuídos aos municípios, ao longo dos 10 anos, mais de 4,5 milhões de cinzeiros de praia, instalados 15 quiosques de madeira para utilização das câmaras (por exemplo, como bibliotecas de praia) e fornecidas 25 máquinas para limpeza das zonas balneares.

Em termos de acessibilidades para pessoas com necessidades especiais, o número de praias com equipamentos que permitem a criação de espaços mais inclusivos não tem parado de crescer ano após ano. Numa década, foram doadas 135 cadeiras anfíbias, 124 passadeiras acessíveis e 124 painéis informativos em Braille.

Relativamente a atividades de sensibilização que visam alertar os visitantes das praias, destacam-se as várias campanhas de segurança institucional promovidas na televisão e na rádio e as campanhas de sensibilização dirigidas especificamente a crianças, designadamente a campanha Verão de Campeão. As iniciativas integradas nesta campanha incluem diversas modalidades de animação, tais como jogos em que são ilustrados os riscos provocados por atitudes descuidadas e transmitidas informações sobre o melhor modo de estar nas praias, através de processos didáticos simples e divertidos. Esta campanha já abrangeu cerca de 280.000 jovens.

Ainda na vertente de sensibilização e disponibilização de informação aos utilizadores das zonas balneares, destaca-se a Aplicação Praia Direto, que fornece dados sobre questões ambientais, segurança e acessibilidade das zonas balneares, dando a conhecer, por exemplo, o risco de exposição solar ao longo do dia, podendo visualizar o período horário em que os índices ultravioletas atingem níveis máximos. A medição dos parâmetros é realizada em tempo real através de estações de monitorização autónomas que são alimentadas por painéis solares.

O Programa Praia Saudável, cujo mérito é reconhecido não só pelos parceiros envolvidos mas também pelos utentes das praias, vai na sua quarta fase de aplicação, pretendendo a Fundação Vodafone dar-lhe continuidade no quadro da sua ação de Responsabilidade Social.

 

10 anos Praia Saudavel Fundaçao Vodafone (18) 10 anos Praia Saudavel Fundaçao Vodafone (19) 10 anos Praia Saudavel Fundaçao Vodafone (20) 10 anos Praia Saudavel Fundaçao Vodafone (21) Berta Cabral, Secretária de Estado adjunta da Defesa Nacional  (16) Berta Cabral, Secretária de Estado adjunta da Defesa Nacional e (15) Carlos Carreiras, Presidente Câmara Municipal de Cascais (2) Carlos Carreiras, Presidente Câmara Municipal de Cascais (3) Carlos Carreiras, Presidente Câmara Municipal de Cascais (4) imagem equipamentos_Praia Saudavel Vodafone José Archer Presidente da Associação Bandeira Azul da Europa  (6) José Archer Presidente da Associação Bandeira Azul da Europa  (7) Marina Van Zeller, Vice Presidente do Conselho Directivo do Instituto Nacional para a Reabilitação  (5) Mário Vaz, Presidente Fundação Vodafone (10) Mário Vaz, Presidente Fundação Vodafone (11) Mário Vaz, Presidente Fundação Vodafone (12) Mário Vaz, Presidente Fundação Vodafone (13) Paulo Lemos, Secretário de Estado do Ambiente  (14) Praia em Directo no Galaxy SIII_Praia Saudavel Vodafone Salvamento com  mota agua_Praia Saudavel Vodafone veículo 4x4 resgate_Praia Saudavel Vodafone

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Marca e Comunicação da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais