Press Releases

#PinheiroBombeiro está de volta e ganha âmbito nacional

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2018
Rnters lança hoje 2.ª edição de #PinheiroBombeiro com presença de Norte a Sul do País
  • Vodafone Power Lab vai ser um ponto de devolução dos pinheiros
  • Edição de 2017 angariou mais de 17 mil euros e equipou todos os quartéis de bombeiros do distrito de Leiria

A startup Rnters lança hoje a 2.ª edição de #PinheiroBombeiro, a iniciativa que permite alugar pinheiros verdadeiros no Natal e, assim, ajudar os bombeiros nacionais. Este ano, a iniciativa estende-se a todo o País, havendo pontos de recolha em Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa e Faro. A par disso, quem quiser ter uma Árvore de Natal verdadeira pode, ainda, optar pela entrega ao domicílio do seu #PinheiroBombeiro.

Para ter um #PinheiroBombeiro basta aceder ao site oficial da iniciativa e alugá-lo por 17,5 euros ou 25 euros, dependendo do montante que se desejar doar à causa. Além do caráter solidário das doações, há ainda uma vertente sustentável e ambiental, uma vez que os pinheiros devolvidos depois das festividades são reaproveitados e transformados em biomassa, um recurso renovável de geração de energia.

Depois do sucesso da edição de 2017 – que aconteceu apenas na cidade de Lisboa, no Hub Criativo do Beato –, este ano a iniciativa junta um segundo ponto de devolução na capital: o Vodafone Power Lab, em Entrecampos, incubadora de startups da Vodafone Portugal que apoia a Rnters desde a sua formação.

A par dos pinheiros, cujo corte é obrigatório para limpeza de terrenos, este ano também vai ser possível alugar enfeites de Natal. Trata-se de um conjunto de formas natalícias, tais como pinheiros, renas, estrelas, bolas, corações e flocos de neve, produzidas em madeira sustentável ou cortiça. Estes enfeites podem ser diretamente aplicados na árvore ou coloridos e personalizados em cada casa.

No ano passado, foram alugados perto de 1500 pinheiros, angariando-se mais de 17 mil euros. O valor serviu para equipar os todos os bombeiros do distrito de Leiria com máscaras de combate aos incêndios.

A iniciativa, que contribui ainda para a limpeza de terrenos de forma a prevenir incêndios, que reutiliza recursos naturais e que promove a solidariedade nacional, é promovida pela Rnters, uma startup que desenvolveu uma plataforma online de aluguer e rentabilização de qualquer artigo.

Criada por três amigos – Guilherme Guerra, responsável pela estratégia e relação com o Cliente; Francisco Bento, responsável pelo produto e análise de dados; e João Loff, engenheiro de software –, a Rnters faz parte do Vodafone Power Lab, e foi uma das startups finalistas da edição do ano passado da competição de empreendedorismo promovida pela Vodafone e pela Ericsson, o Big Smart Cities.

Contactos

Para esclarecimentos adicionais, por favor consulte a Direcção de Estratégia e Comunicação Externa da Vodafone Portugal, através do formulário de contactos institucionais